segunda-feira, 31 de agosto de 2015

PILULAS PETISTAS PETRALHAS E O IMPEACHMENT POR RAY PINHEIRO !!!

PILULAS PETISTAS PETRALHAS E O IMPEACHMENT POR RAY PINHEIRO !!!

31 // 08 // 2015.

Pois é minhas amigas , amigos , quando o assunto do momento é o impeachment da Dilma Dilmente resolvi fazer umas pesquisas sobre este assunto na era do ex presidente Fernando Afonso Collor de Mello. Foi uma monumental campanha que tomou conta do Brasil, no ano de 1992, pedindo o impeachment de Fernando Collor de Melo. Nunca me esqueço de uma conversa com minha saudosa e querida tia Odeia Pinheiro Pires em São João Del Rei - MG na residência de minha saudosa avó Albertina Sartini , que residia em Juiz de Fora , MG e contou-me , Itamar é muito bom , e foi um bom prefeito de Juiz de Fora , então acredito que vai fazer um bom trabalho na Presidência da República , ela acertou em cheio.
Campanha que teve como um dos seus comandantes o então presidente do PT PETRALHA , Luiz Inácio Lula da Silva Molusco. Isto aconteceu naquele tempo em que pedir o impeachment de um presidente não era “golpe” como o petralha Lula Molusco duas Caras proclama nos dias de hoje.
A campanha pelo impeachment foi vitoriosa e Collor se viu forçado a sair do poder. Tudo dentro da lei, conforme a letra da Constituição, pacificamente, sem qualquer sombra de golpe.
Vejam o que Lapa de Demagogo falou, algum tempo depois de Collor ser enxotado da presidência:
Mas, vamos deixar este cabra safado de lado, pois não é dele que quero me ocupar agora. Não vale a pena perder tempo com um demagogo cretino deste porte. Já bastam os zintelequituais zisquerdistas tabacudos pra gastar tempo com ele.
Pois bem. Com Collor desalojado do poder, tomou posse em seu lugar o vice-presidente Itamar Franco. Tudo dentro da fria letra da lei, conforme os dispositivos da Constituição.
Itamar, um mineiro discreto, ficha-limpa, um caso raro de político honesto e que nunca meteu a mão em dinheiro público, protagonizou uma cena inédita na cerimônia de sua posse.
Na hora de prestar o juramento protocolar e constitucional, ele interrompeu o senador cearense Mauro Benevides, então presidente do Senado, meteu a mão no bolso do paletó e entregou um envelope ao parlamentar. E, para espanto de todos os presentes, Itamar disse do que se tratava:
– Permita-me que entregue a minha declaração de bens.
Com aquele gesto marcante, e nunca antes acontecido, Itamar queria dizer que, ao sair da presidência, seu patrimônio seria o mesmo de quando nela foi investido. Era só conferir os itens que estavam relacionados dentro do envelope. O que de fato aconteceu. Itamar deixou o poder com o mesmo patrimônio que tinha quando nele foi investido e foi morar no seu imóvel em Juiz de Fora a manchester mineira.
Saiu do Palácio do Planalto sem qualquer acréscimo no seu patrimônio pessoal. Sem apartamento triplex de luxo no Guarujá e sem um sítio nababesco em Atibaia. Não se tornou íntimo de grandes empresários e nunca andou pelo mundo em seus jatinhos.
Divorciado, Itamar era pai de duas jovens, que tinham em torno de 20 anos quando ele exerceu o poder. Tão discretas quanto o pai, nunca frequentaram o noticiário e delas ninguém nunca teve notícias enquanto Itamar exerceu a presidência.
Elas só mostraram o rosto no dia do velório do pai, em julho de 2011, dezesseis anos após Itamar ter saído da presidência da república.
Juliana e Georgiana nunca se meteram em escândalos e nunca se valeram do nome do pai pra nada.
Nunca levaram amigos para passear em avião da FAB, não receberam passaportes diplomáticos, não ganharam empregos públicos, não montaram consultorias, não criaram empresas, não se locupletaram com dinheiro do erário, nunca frequentaram festas de empresários.
Quanta diferença destes tempos de socialismo muderno vermêio-istrelado e desta organização criminosa que atualmente devasta e avacalha eztepaiz que se chama PT PETRALHA e seus aliados da pior qualidade.
Eu sou Ray Pinheiro.
Sem medo dessa CORJA desse desgoverno corrupto e ladrão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário